A Prefeitura de Teresina recuperou mais de R$ 16 milhões por meio do Programa de Pagamento Incentivado (PPI). O Programa é uma oportunidade para que os contribuintes que estão inadimplentes junto ao fisco municipal façam a renegociação. O prazo para adesão termina no dia 29 de janeiro.

 
Lançado em dezembro do ano passado, o PPI visa reduzir a inadimplência de alguns tributos, como IPTU, ISS, ITBI e Taxas. Taxas administrativas, multas urbanísticas, de vigilância sanitária e meio ambiente também estão inclusas no programa.

 
“Para o contribuinte que está com débitos, é uma oportunidade vantajosa para ficar em dia com a administração. Atualmente, quem está inadimplente tem que pagar multa de mora 0,33% ao dia e 1% de juro de mora ao mês”, afirma o diretor de arrecadação da Prefeitura de Teresina, Alexandre Castelo Branco, lembrando que o dinheiro recuperado por meio do Programa será usado em investimentos para cidade, como saúde, educação e mobilidade.

 
Através do PPI, os contribuintes podem ter descontos em multas e juros de até 100%. Esse desconto é destinado apenas àqueles que optarem pelo pagamento à vista. Para quem desejar fazer o pagamento parcelado, o desconto poderá ser de até 80%. O desconto varia de acordo com o número de parcelas escolhido pelo contribuinte, que pode chegar a 90 meses. A parcela não pode ser inferior a R$ 50,00 para pessoa física e R$ 100,00 para pessoa jurídica.

 
As negociações de débitos junto à prefeitura de Teresina podem ser feitas pela internet ou em uma das Centrais de Atendimento ao Público. Para fazer a negociação pela internet, o contribuinte deve acessar o site ppi.teresina.pi.gov.br e ter em mãos o número da inscrição municipal, em caso de imóvel. No caso de empresas, é preciso ter ainda o número do CPF do responsável legal.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).